Banner da Primavera dos Livros

Primavera dos Livros

A “Primavera dos Livros” retorna ao Museu da República, após a pandemia,
entre os dias 7 e 9 de outubro, com 58 editoras e mais de 20 mil títulos para todas as idades.

Evento cultural incluído este ano no Calendário Oficial da Cidade, será a maior edição de todos os tempos, com programação cultural intensa e a mulher na política como tema.

A PRIMAVERA DOS LIVROS, que ocorre entre os dias 7 e 9 de outubro, no Museu da República, completa 20 anos e a Libre prepara um evento marcante para o cenário cultural da cidade. Serão 58 editoras independentes, mais de 20.000 títulos em exposição, dezenas de lançamentos diários e programação cultural intensa para os leitores, professores, escritores, ilustradores, editores etc, incluindo atividades para crianças em uma tenda especialmente produzida para elas. Depois de dois anos de pandemia, esta será a maior edição de todos os tempos. Novas editoras foram criadas e se associaram à LIBRE e vão mostrar obras que os leitores nem sempre encontram nas livrarias.

O tema dessa edição será a mulher na política, promovendo a necessidade da participação de mais mulheres em cargos políticos e evidenciando histórica importância delas para a construção da política sociocultural do país, seja na literatura, nas artes cênicas, na música, nas artes plásticas e em tantas outras áreas em que as mulheres também atuam.

A Primavera dos Livros nasceu em 2002 como uma feira de livros carioca e chega a 2022 como um guarda chuva de eventos de promoção do mercado editorial independente, do livro e da leitura, sempre com entrada e programação cultural gratuitas. São eventos realizados em diversas cidades e com o objetivo de se interiorizar pelo Brasil afora.”, comenta  Lara Kouzmin-Korovaeff, da Semente Editorial.

O evento Primavera dos Livros foi incluído no Calendário Oficial da Cidade, pelo PL 1.365/2022, de autoria do Presidente da Câmara Municipal Carlo Caiado, aprovado em primeira votação. A solicitação partiu de Thereza Christina Rocque da Motta, da Ibis Libris Editora, uma das fundadoras da LIBRE, que apresenta doze livros para o mês das crianças durante o evento, muitos deles concorrendo ao Prêmio Jabuti. Além disso, a editora lança também 22 títulos, um para cada ano de aniversário, no dia 8/10 (sábado), confirmando sua pluralidade temática e incentivo à cultura carioca.

Sobre a Primavera dos Livros

A Primavera dos Livros é um evento literário totalmente voltado ao público leitor, realizado desde 2001 pela LIBRE – Liga Brasileira de Editoras, uma das principais organizações ligadas ao livro e leitura no Brasil e que conta com mais de 170 editoras independentes associadas, correspondendo, segundo dados do Snel – Sindicato Nacional de Editores de Livros, à cerca de 25% das editoras brasileiras e mais de 30 mil títulos.

Com edições nas cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, o evento já se tornou um marco entre as editoras independentes brasileiras, durante o qual acontecem palestras, debates, encontro com autores, lançamento de livros, apresentações artísticas e outras atividades relacionadas ao livro e à sua cadeia produtiva.

A Primavera dos Livros promove a difusão da cultura literária nacional e proporciona uma interação entre os reais protagonistas dessa área cultural: o público-leitor, os autores, editores, intelectuais, críticos e outros atores da cadeia produtiva do livro. O evento é totalmente gratuito para os visitantes. Tem um público fiel, exigente e informado, incluindo o público infantil, ao qual o evento costuma dedicar um espaço diferenciado para estimular o prazer da leitura e o convívio entre as várias gerações de leitores.

Nas feiras de livros em geral, o livro de conteúdo, em edições bem cuidadas, tem perdido seu espaço para outros produtos (brinquedos, revistinhas, encartes publicitários, brindes variados, guloseimas etc.) e uma série de promoções que retiram o foco do produto livro. Na Primavera dos Livros, a LIBRE reúne editoras que representam e garantem a diversidade no mercado editorial, e coloca-se como um dos polos latino-americano de disseminação do conceito da bibliodiversidade.

A própria origem da LIBRE está ligada à Primavera dos Livros, o que reforça a importância do evento tanto para a associação, como para o mercado editorial como um todo. Outros benefícios são livros com preços mais acessíveis, divulgação da bibliodiversidade da produção editorial brasileira contemporânea, conscientização e difusão de conteúdos, proteção da memória, da história e cultura nacional, apoio a uma rede de editores e empreendedores culturais.

Editoras expositoras

Alameda, Aleph, Aletria Editora, Andrea Jakobsson Estúdio, Autêntica, Bambual, Bazar do Tempo, Caraminhoca, Capivara Editora, Cobogó, Contracapa, Contraponto, Cuca Fresca, Delirium, Editora Dublinense, Edições Cândido, Editora 34, Editora Bem-Te-Vi, Editora FGV, Editora Jandaíra, Editora Malê, Editora Mourthé, Editora Roça Nova, Editora Sundermann, Editora Tabla, Editora Tigrito, Fólio Digital, Funarte, Graphia, lbis Libris, Imã Editorial, Lado A, Lago de Histórias, Lamparina, Lexikon Editora, MapaLab, Mauad, Metanoia Editora, Nathalia Encadernação, Numa Editora, Oficina Raquel, Palavras Projetos Editoriais, Pallas Editora, Paulus, Pequeno Benjamin, Pictos Editora, Pinakotheke, Pingo de Luz, Primavera Editorial, Quase Oito, Relicário, Revan, Segmidia, Semente Editorial, Valentina, Vermelho Marinho, Versai e Viajante do Tempo.

Serviço

PRIMAVERA DOS LIVROS
Data: 7 a 9 de outubro, das 10h às 19h
Local: Museu da República/RJ – Rua do Catete 153, Catete, Rio de Janeiro – RJ – CEP:22220-000
Entrada franca
Censura livre

Assessoria de Imprensa: Paula Ramagem (21) 99506-7999

PROGRAMAÇÃO